Grão-de-bico ajuda a evitar a depressão

O grão de bico não ocupa lugar de destaque no ranking dos legumes mais populares por custar pelo cinco vezes mais que o feijão, que similarmente já não é tão presente na alimentação dos brasileiros. Mas vale o investimento, ainda mais para quem está com os sintomas iniciais da depressão.

Hoje quem da seu apoio ao Grão-de-bico é a prestigiada auditoria científica cosmopolita Journal of Archaeological Science, que divulgou há pouco tempo um estudo de cientistas da Faculdade Hebraica de Jerusalém e da Faculdade de Haifa,
ambas em Israel, exaltando suas características.

grao-de-bico

Por aqui nossos cientistas similarmente dão importância ao grão-de-bico pela fonte de ferro, carboidratos e proteínas. Leonardo Boiteux, admirador do centronacional de estudo de hortaliças da Embrapa, empresa brasileira dedicada a pesquisar e auxiliar o progresso agropecuário, atribui o alto assunto proteico a uma conciliação de aminoácidos. Entre eles está o astro, o Triptofano, que apresenta-se em grandes quantidades –  Não conhece este grandioso aminoácido chamado Triptofano? Veja está matéria.

“Boas doses desse composto resultam também em vários efeitos fisiológicos, como maiores taxas de ovulação e benefício no padrão de crescimento das crianças”, segundo o cientista e pesquisador.

Na descrições os princípios de proteína desse mineral no grão-de-bico aparecem ligeiramente inferiores aos de seus parentes. Inclusive ocorre com os teores de proteína. Absurdo? “Não”, responde Maria Esther Fonseca, similarmente pesquisadora da Embrapa. “O ferro disponível nesse legume é mais bem aproveitado pelo corpo. Quanto às proteínas, a qualidade delas é bastante superior à das demais, e ainda são completamente digeridas pelo organismo, o que não ocorre com seus concorrentes”, explica a profissional.

Triptofano

Mais benefícios do Grão-de-bico

Ele acumula fitoestrógenos e por isto é recomendado a ser utilizado em terapias de reposição hormonal na menopausa.”Essas substâncias, similarmente chamadas de hormônios de verdura, tem demonstrado que são capazes de proteger-se da osteoporose e de complicações cardiovasculares, ainda que não tanto quanto aquelas extraídas da soja”, diz Maria Esther.

Conheça o suplemento de Triptofano, o Triptox5.

Você também pode gostar de ver:

Bolo de Triptofano Receita

Como o Triptofano combate a depressão

Os 5 alimentos mais ricos em triptofano

Deixe uma resposta